Encontro 3

 

 

Cristian Silvestre, 22 anos, artista circense em formação no Centro Interescolar de Cultura, Arte, Linguagens e Tecnologias na cidade de Belo Horizonte, cursando Técnico em Artes Circenses. Desenvolve suas habilidades malabarísticas de corpo e objeto em diálogo com os ritmos e movimentos da ancestralidade brasileira da capoeira. Atua como artista pesquisador autodidata, sempre buscando aprender e agregar seus conhecimentos adquiridos de experiências em várias artes, ao seu jogo de malabares e suas ideias do “novo antigo” e do “nômade ancestral” ao “residente contemporâneo”. @a_carne_dos_deuses

Conteúdos da conversa: Corporalidade e criação circense; oralidade e aprendizado nas Artes do Circo; saberes tradicionais e contemporaneidade.

Do nômade ancestral ao residente contemporâneo