Bio

Luana Coelho Gomes é co-criadora do conceito Nomas Trupe (2018-atual), onde busca estabelecer cenários simbólicos para a performatividade circense e suas transversalidades. Na trupe atua como produtora e pesquisadora.

Iniciou os seus estudos artístico-culturais em Belo Horizonte, aos 13 anos de idade, através da pedagogia de Educação Popular na ONG Circo de Todo Mundo, na qual estabeleceu a sua formação humana e profissional na abordagem do Circo Social no período entre 1998-2007. É educadora em Circo Social desde 2004.

Estudante de graduação da Licenciatura em Dança na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (formatura: julho / 2021) é educadora popular e artista formada em técnicas circenses (Escola Nacional de Circo/RJ).

Foi artista residente em Artes da Cena, com ênfase em Artes Circenses, no Centro de Formação Artística e Tecnológica da Fundação Clóvis Salgado (CEFART) – BH / MG (2016-2018). 

É professora em malabarismo clássico e experimental, consciência corporal e técnicas
contemporâneas de dança e atuou como professora-coordenadora no Curso Técnico em Artes Circenses no Centro Interescolar de Cultura, Arte, Linguagens e Tecnologias (CICALT) / Educação Básica Profissionalizante – Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais entre 2017-2019.

Currículo artístico

49559057796_f5fa8bace8_o

Mostra -Ser! – Centro Cultural Tendal da Lapa / SP (janiero / 2020) Foto: Ariane Artioli